domingo, 12 de março de 2017

Joba Tridente: Articulando o Reciclável - Contrapartida 6


Articulando o Reciclável
orientador Joba Tridente

O Projeto Articulando o Reciclável foi criado em 2014/2015 com o propósito de oferecer ao público infantojuvenil alternativas para a criação de Arte Sustentável de qualidade, através de Oficinas Lúdicas de Reciclagem (incluindo literatura). Inscrito em Projetos de Leis de Incentivo, foi aprovado em 2016 pelo PROFICE, da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná*.

Nos dois anos em que passou “hibernando”, evoluiu, agregou novas ideias e agora, numa vivência muito além dos cursos tradicionais de arte, propõe aos oficinandos, inclusive adultos, não apenas criar, mas questionar os limites e as linguagens da Arte.



Articulando o Reciclável
Centro Psiquiátrico Metropolitano de Curitiba
Oficina em Contrapartida - 6

Em Contrapartida ao Projeto Articulando o Reciclável, estou realizando Oficinas de Arte Lúdica e Literatura Sustentável para profissionais da área de saúde do Hospital de Clínicas de Curitiba e para pacientes e profissionais da área de saúde do Centro Psiquiátrico Metropolitano de Curitiba. Leia sobre o CPM (onde já realizei as dezesseis Oficinas de Arte e de Literatura Sustentável programadas) na última postagem, cujo foco será os brinquedos criados pelas crianças.


Após a publicação de três seleções de expressivos poemas e textos com intenção poética que adolescentes (12 a 17 anos) atendidos pelo Centro Psiquiátrico Metropolitano produziram na Oficina de Poesia Aleatória - Reciclando a Palavra Jogada Fora (confira aqui: Contrapartida 3, aqui: Contrapartida 4 e aqui: Contrapartida 5), hoje estou expondo o resultado da InterAtividade Poético-Visual que realizei no último encontro com os jovens.



Se em Poesia Aleatória - Reciclando a Palavra Jogada Fora a intenção era ressignificar a palavra recortada aleatoriamente de textos velhos, de notícias vencidas, de material publicitário, em busca de uma poesia oculta na palavra descartada..., em InterAtividade a intenção é fazer os jovens se expressarem e se desvelarem através da interferência de pequenas imagens (e algum texto!), também recortadas aleatoriamente de diversas publicações, em uma estampa maior e ou numa criação  própria.



Na busca pela ressignificação da imagem, através da interferência (individual ou coletiva) ou de criação original, a InterAtividade abre espaço para a Arte da Colagem Sustentável, criando infinitas possibilidades (a partir de um Banco de Imagens) para se discutir a arte efêmera..., transitória em dias tão ligeiros.


Para esta InterAtividade, realizada nos períodos da manhã e da tarde, do dia 6 de março de 2017, no CPM, os adolescentes utilizaram os meus três Painéis de Zinco, Banco de Imagens e Recortes Imantados e Caixa de Sobras (trocos) de Palavras. Em dois dos Painéis, usei frente e verso, inclusive apresentando alguns textos instigantes em um deles, para ver como responderiam também às mensagens, às vezes, publicitárias.



Selecionei composições individuais e ou mostrando as diversas leituras de uma mesma imagem, como (entre outras) a que retrata a trágica morte de Alan Kurdi (2012-2015), o menino refugiado sírio, de três anos, que morreu afogado ao fugir, com a família, da Síria, tomada pelo grupo extremista “Estado Islâmico”.





***



Nenhum adolescente se interessou em criar algo (do zero). Bloqueio total. Opção foi pela interferência, embora nem todos buscassem realmente refletir sobre as imagens e textos disponíveis. Aqui, disponibilizei apenas os trabalhos mais significativos.




Os encontros culturais com os adolescentes sempre reservaram algumas boas surpresas. Na tarde do último deles conheci Lucas V. e Vitória Q., ali pela primeira vez. Lucas que, tivesse vindo antes, com certeza se sairia muito bem em Poesia Aleatória, gostou de InterAtividade




Vitória, sem interesse pelas imagens, pouco antes do encerramento da tarde, aproveitou o pequeno “troco” de palavras oferecidas para escrever este poema:



***

InterAtividade

A InterAtividade é uma arte-atividade imediata, onde o espectador (criança ou adulto), conforme a sua sensibilidade e ousadia, interage com imagens variadas, cria, transforma, constrói e desconstrói uma história através de pequenas outras imagens e/ou cria textos poéticos, mensagens, protestos, com palavras. O resultado é uma arte (imagem/texto), divertida, dinâmica e original. Uma atividade lúdica, ousada, sem compromisso com normas e regras, onde o que conta é a criatividade. É a arte espontânea ao alcance de todos, amadores ou profissionais que buscam exercitar a interferência e a composição na arte e no texto. A Arte Postal e a Poesia Aleatória - Reciclando a Palavra Jogada Fora também integram a InterAtividade.

Nota: Os jovens não podem ser fotografados, por isso o registro apenas das suas criações. Nos créditos apenas o prenome ou pseudônimo.


***

Articulando O Reciclável

*O Projeto Articulando o Reciclável, aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura - PROFICE, da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado do Paraná, e que conta com o apoio integral da COPEL, está sendo realizado no Centro Juvenil de Artes Plásticas - CJAP (Rua Mateus Leme 56 - Centro - Curitiba-PR. Tel: 41.3323.5643 ou 41.3223.3805). Em março e abril de 2017 o Projeto Articulando o Reciclável será levado também ao setor infantojuvenil da Biblioteca Pública do Paraná. Conheça o Projeto Original.



Joba Tridente é artista gráfico e artista plástico, escritor de verso e prosa, crítico de cinema e cineasta, fazedor de brinquedos e criador de bonecos articulados, oficineiro cultural, há 22 anos. Produz Arte Sustentável desde os anos 1980. Currículo completo AQUI.