sábado, 18 de fevereiro de 2017

Joba Tridente: Articulando o Reciclável - Contrapartida - 4

Articulando o Reciclável
orientador Joba Tridente

O Projeto Articulando o Reciclável foi criado em 2014/2015 com o propósito de oferecer ao público infantojuvenil alternativas para a criação de Arte Sustentável de qualidade, através de Oficinas Lúdicas de Reciclagem (incluindo poesia), utilizando material considerado lixo. Inscrito em Projetos de Leis de Incentivo, foi aprovado em 2016. Nesses dois anos em que passou “hibernando” (leia o Projeto Original), evoluiu, agregou novas ideias e agora, numa vivência muito além dos cursos tradicionais de arte, propõe aos oficinandos, inclusive adultos, não apenas criar, mas questionar a Arte..., discutindo os seus limites e linguagens.



Articulando o Reciclável
Centro Psiquiátrico Metropolitano de Curitiba
Oficina em Contrapartida - 4

Em Contrapartida ao meu Projeto Articulando o Reciclável, sigo realizando Oficinas de Arte Lúdica e Literatura Sustentável para profissionais do Hospital de Clínicas de Curitiba e para pacientes e profissionais do Centro Psiquiátrico Metropolitano deCuritiba.


Victor B.



Nos dias 12 e 13 de fevereiro de 2017 realizei mais quatro, das dezesseis Oficinas de Arte e Literatura Sustentável programadas para o Centro Psiquiátrico Metropolitano de Curitiba. Numa próxima postagem falarei sobre a importância do trabalho dos dedicados Psicólogos, Terapeutas, Pedagogos, Enfermeiros do CPM.


Ana S. 


Vitor M. 


Victor G.


Na semana passada publiquei uma seleção de poemas e textos poéticos produzidos por adolescentes (12 a 17 anos), que frequentam o Centro Psiquiátrico Metropolitano de Curitiba, no primeiro dia de atividade na Oficina de Poesia Aleatória - Reciclando a Palavra Jogada Fora, (que ativa a memória visual e a coordenação motora; estimula a agilidade e a organização poético-espacial; desenvolve o raciocínio, a concentração e a criatividade das pessoas dispersas; auxilia na ampliação do vocabulário e é eficiente da pré-educação à pós-graduação).


Letícia



No segundo encontro alguns adolescentes começaram a tarefa de recorte de palavras para a formar os seus próprios Bancos de Palavras. Um deles, inclusive, o Caio, que não havia participado da atividade anterior, começou a recortar textos e logo montou o interessante poema abaixo.


Caio


O que tem me chamado a atenção, em vinte anos de orientação desta Oficina de Poesia Aleatória, geralmente em lugares que abrigam e ou assistem a crianças e adolescentes em situação de risco, é o uso de palavras como: mãe, dor, amor, ..., em suas criações. Catarse total!


Rafael



Na postagem anterior selecionei alguns textos fortes e outros mais lúdicos e até românticos. Hoje estou publicando aqueles que me desconcertaram não apenas pelo que se lê nas entrelinhas, mas também pelo que se vê na composição gráfica, com a cuidadosa escolha e disposição de palavras e letras manifestas, como nestes trabalhos de Moisés.


Moisés




Aprecie e faça a sua própria leitura e ou análise da postagem. Repeti um ou outro poema (da publicação anterior) por conta da relação (entre si) das criações do autor.


Vitor P.


A Cris é uma garota esforçada e confiante em sua forma minimalista de se expressar. Estou na maior expectativa para ver o quê ela vai escrever com as muitas palavras que recortou.


Cris





Como disse anteriormente, os jovens não podem ser fotografados, por isso o registro apenas das suas composições poéticas. Nos créditos apenas o prenome ou pseudônimo.


Vitória


Ainda tenho um bom e curioso material fotografado no primeiro dia de atividades. Alguns trabalhos carecem de identificação. Vou ver o que é possível publicar, já que, na próxima semana (espero), aqueles que recortaram as palavras começam a produzir novos textos poéticos.
  

Projeto Articulando O Reciclável

Oficialmente o Projeto Articulando o Reciclável, aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura - PROFICE, da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado do Paraná, e que conta com o apoio integral da COPEL, acontecerá no período de março a junho de 2017 no Centro Juvenil de Artes Plásticas - CJAP (Rua Mateus Leme 56 - Centro - Curitiba-PR. Tel: 41.3323.5643 ou 41.3223.3805) e, no mês de abril, na Biblioteca Pública do Paraná (data e público a confirmar).

Nota: Para entrar em contato com Joba Tridente para entrevistas e ou informações sobre suas diversificadas Oficinas Culturais e do Projeto Articulando o Reciclável: jobatridente@hotmail.com e ou 41:3319.1314.


Joba Tridente é artista gráfico e artista plástico, escritor de verso e prosa, crítico de cinema e cineasta, fazedor de brinquedos e criador de bonecos articulados, oficineiro cultural, há 22 anos. Produz Arte Sustentável desde os anos 1980. Currículo completo AQUI.